Chile promove encontro regional sobre clima e gênero

No Brasil, IDS é organização aliada da iniciativa

Os efeitos das mudanças climáticas continuam a piorar, acelerar e afetar a sustentabilidade da vida; que requer uma ação coletiva rápida e sem precedentes. Dessa forma, os países devem direcionar seus esforços de forma decisiva para a implementação dos compromissos firmados no Acordo de Paris, limitando o aumento da temperatura a 1,5ºC e aumentando a capacidade de adaptação e resiliência ao clima.

Nesta quinta-feira, dia 2 de setembro, acontece a sessão de abertura do Encontro Regional sobre Mudança Climática e Igualdade de Gênero promovido pelo Ministério do Meio Ambiente do Chile. O encontro vai tratar de uma recuperação transformadora para a sustentabilidade e igualdade de gênero na América Latina. Além disso, considerando o contexto de recuperação verde da Pandemia COVID-19, essas respostas devem ser implementadas à luz das circunstâncias nacionais para que possam ser verdadeiramente eficazes, sustentáveis ​​e justas para o clima.

Ao longo do mês de setembro serão apresentadas experiências, boas práticas, desafios e oportunidades para integrar a igualdade de gênero na ação climática na América Latina e o Caribe (ALC) e vai traçar um roteiro do Plano de Ação de Gênero da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.

O Encontro é dirigido a tomadores de decisão, funcionários públicos em nível nacional, regional e global, academia, mídia e sociedade civil. O IDS é organização aliada e apoia essa iniciativa por entender que precisamos nos preparar amplamente para a COP26 que acontecerá em novembro na Escócia e todas as forças somadas e unidas poderão traçar rumos mais sustentáveis e democráticos para os países latinos e o Brasil. O encontro contará com a presença de Carolina Schmidt, Ministra de Meio Ambiente do Chile.

O Encontro Regional sobre Mudança Climática e Igualdade de Gênero é organizado pelo governo do Chile, na qualidade de Presidência da COP25 por meio de seus Ministérios do Meio Ambiente, Relações Exteriores, Mulher e Igualdade de Gênero, e é desenvolvido graças ao apoio da União Europeia , por meio do Programa EUROCLIMA + e do apoio técnico da CEPAL como principais parceiros estratégicos na ação climática e para conectar os pontos entre a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Saiba Mais

A transmissão pode ser conferida por meio do canal do YouTube do Ministério do Meio Ambiente do Chile: https://www.youtube.com/c/MinisteriodelMedioAmbienteChile

Programação

@COP25CL

#Mudança Climática e Gênero
#Acordo de Paris

Leia também:

Mulheres e Economia Verde

Ecofeminismo no Século XXI

Quem disse que é Economia Verde?

Parceiros